Gota de dor














Há uma gota de luz na escuridão 
Lembranças que me torturam a noite. 
Que me levam o sono. 
Que me levam para o passado. 
Me levam até você. 
Entre um copo e outro, lá está.
Uma assombração pacífica, a olhar pra mim. 
Seria mesmo inofensiva? 
Fecho os olhos e ela se fôra. 
Mas ainda há a certeza que retornará. 
Entre a luz e as lembranças, 
O assombro. 
Entre mim e você, 
Um abismo enorme chamado, DOR. 
Há uma gota de escuridão na luz.


1 comentários:

mara disse...

O novo visual do blog tá maravilhoso...
Parabéns!
bju

Postar um comentário